O Agrupamento de Escuteiros de Serpins recebeu pela primeira vez um Louvor Nacional atribuído pelo Corpo Nacional de Escutas (CNE). Tudo pelo contributo de dois grupos de crianças, jovens e chefes escuteiros, que se deslocaram a Pedrógão Grande nos dias 9 e 11 de julho para auxiliar na preparação de reforço alimentar aos bombeiros portugueses e espanhóis, separação de roupas doadas, entre outros serviços.

“Muitos miúdos nunca se viram numa situação daquela envergadura e inicialmente houve um certo receio. Mas depois começaram a ver como os outros faziam e entraram no esquema de montagem”, referiu ao nosso jornal Carlos Barroqueiro, um dos chefes do Agrupamento de Escuteiros de Serpins que participou nesta missão.

“Isto para os miúdos é muito importante. Neste momento, eles ligam exclusivamente ao ter, não sabem partilhar, não sabem que podem ser prestáveis em qualquer altura”, salientou o dirigente, acrescentando outra convicção pessoal: “dando-lhes uma responsabilidade, eles conseguem desempenhá-la em prol do outro e isso é o desenvolvimento do ser”.

Este Louvor Nacional foi proposto pela Proteção Civil do Agrupamento de Pedrógão Grande à Junta Nacional do CNE, com conhecimento à Junta Regional de Coimbra. Após a aprovação em comissão de serviço, o Louvor já foi entregue dia 17 , em Pedrógão Grande, em cerimónia onde estiveram presentes o Padre Vítor Melícias e elementos da Junta Nacional do CNE, bem como outros laureados a nível nacional.

Continua na edição impressa do Trevim n.º 1369