Paisagens serranas juntam-se a fotografias de zonas costeiras na exposição de João Almeida intitulada “Fragmentos de um só tempo… (viagens entre as serras e o mar)”, a inaugurar este sábado, dia 3, pelas 15:00, no Museu Municipal Prof. Álvaro Viana de Lemos.

Indo ao encontro da convicção do autor, segundo a qual “todos os sonhos bons têm poesia e música”, a cerimónia inaugural da mostra vai contar com uma atuação do músico Jorge Baptista e com momentos de poesia da autoria de Ana Souto de Matos. “Eu vejo as palavras que ela escreve nos pixéis das fotos que eu imagino”, referiu João Almeida ao Trevim, a propósito dos poemas da autora do blogue Maria da Serra Verde.

A fotografar desde 2012, João Almeida adotou a vila da Lousã onde reside para modelo das suas imagens, sobretudo no que diz respeito à biologia, tendo já uma coleção de imagens de veados e de várias espécies de borboletas que povoam a paisagem bucólica da Lousã.

“Esta mostra expõe os ritmos da natureza no estado mais idílico, mais puro, sob o olhar atento de uma lente sensível aos sons, aos cheiros e às texturas da biosfera”, refere a Câmara Municipal da Lousã, em nota de imprensa. O autor conta já com vários prémios de fotografia, exposições  e múltiplas presenças em revistas e sites prestigiados da especialidade, de que são exemplo as revistas “National Geographic”, “Mundo da fotografia”, “Zoom”, “Phocal photovision”, “Fotomanya” “ARTFreelife” “The Pentaprism” “Imaginarium” e os sites internacionais “Fin Arte”,“1x.com”, sendo um dos autores do livro de fotografia “A nossa escolha” da editora “Almalusa”, lançado em dezembro de 2017.