Foi adjudicada pela empresa pública Infraestruturas de Portugal dia 11 de janeiro à empresa Contec – Construção e Engenharia, S. A., pelo valor de 296 908,16€, a empreitada de construção de uma rotunda na variante à EN342, de forma a facilitar o acesso ao novo Centro de Saúde da Lousã, construído a nascente da vila da Lousã, próximo do Casal do Espirito Santo. Como se sabe, a falta deste acesso direto ao equipamento causa vários constrangimentos aos utentes que ali se deslocam em viatura própria. Se, por um lado, se veem obrigados a circular por vias adjacentes (pelas Regadas, por exemplo), por outro, poderão ter de ir fazer inversão de marcha à Sarnadinha, caso pretendam seguir na direção de Coimbra. A nova rotunda promete resolver estas questões.

De acordo com nota de imprensa da Câmara Municipal da Lousã, a empreitada engloba a reformulação geométrica do atual cruzamento, trabalhos de pavimentação, reforço e readequação da sinalização e de equipamentos de segurança, preservação da envolvente através de integração paisagística, instalação de iluminação pública e melhoria dos sistemas de drenagem.

Recorde-se que o acordo de gestão entre a Infraestruturas de Portugal, I.P, a empresa Ascendi concessionária da via e o Município da Lousã foi assinado na Lousã em 29 de junho de 2017, numa cerimónia presidida pelo Secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme D’Oliveira Martins. Com a adjudicação, segue-se a consignação da obra, após a qual a empresa tem um prazo de execução de 89 dias para concluir a empreitada. “Esta é uma intervenção importante que vai melhorar – a vários níveis – a circulação automóvel na zona do Centro de Saúde, concretizando assim um importante objetivo definido pela Câmara Municipal”, considera o presidente da autarquia da Lousã, Luís Antunes, no comunicado enviado.

Continua na edição impressa do Trevim n.º 1372