A empresa de comércio e reparação de automóveis “Autogarsilva”, pertencente ao grupo Isidoro, tem em curso a construção de um pavilhão junto às bombas da gasolina do Intermarché, perto da Zona Industrial dos Matinhos, na entrada nascente da Lousã. O pavilhão servirá para albergar oficinas, um stand de automóveis e ainda um serviço de lavagem automática e manual de viaturas.

Atualmente a empresa está instalada em Miranda do Corvo e, quando as obras terminarem, o que deverá acontecer no fim do primeiro semestre de 2018, os serviços vão ser transferidos para os novos equipamentos. Em Miranda do Corvo, ficará apenas um stand para exposição de viaturas.

“A transferência para a Lousã deve-se ao crescimento da empresa e à falta de espaço que já se estava a registar, porque já não estamos a oferecer as melhores condições aos clientes e aos funcionários”, referiu-nos Vasco Santos, diretor da Autogarsilva, acrescentando que a escolha recaiu sobre a Lousã por uma questão “estratégica”.

Representante da marca “Peugeot” há 12 anos, a empresa pretende fazer parcerias com mais duas marcas. Uma delas é a Citroen. A segunda ainda está em negociações.

Após este investimento, que ronda os 1,5 milhões de euros, a firma tem perspetivas de crescimento e vai aumentar o número de postos de trabalho. Vasco Santos deu-nos conta de que a firma terminou 2017 com 16 trabalhadores, tendo em janeiro contratado mais dois funcionários, prevendo criar até ao final do ano, mais quatro ou cinco lugares.

Continua na edição impressa do Trevim n.º 1367