O núcleo da Lousã do Sporting Clube de Portugal festejou o seu 34º aniversário no primeiro domingo de março, dia 4, realizando um almoço comemorativo. As festividades iniciaram-se pelas 12:00 horas, com a receção dos sócios, amigos e convidados na sede da associação. Já na presença dos contemplados deste ano com o galardão “Aldeias de Xisto da Lousã” – o atleta de futebol de praia e capitão da Seleção Nacional Victor Saraiva (mundialmente conhecido como “Madjer”), o ex-jogador de futebol Fernando Mendes e o treinador de futsal Rui Ferreira – houve lugar a um brinde ao núcleo local, com “Beirão de Honra”, a que se associaram os membros dos núcleos convidados (Penacova, Miranda do Corvo, Mondego, Arganil, ílhavo e Brasfemes), representantes do SCP e das entidades convidadas.

De seguida, a comitiva, composta por cerca de 80 sportinguistas, deslocou-se para o local do almoço, no “Louzan Terrace”, situado em Alfocheira. Após os discursos do presidente da Mesa da Assembleia Geral, Artur Pedroso, do presidente da Direção, Vasco Agostinho, de representantes da Academia Escola do Sporting das Gândaras e da Junta de Freguesia Lousã e Vilarinho, passou-se à entrega dos galardões aos homenageados e das lembranças aos núcleos presentes. Um momento que foi concluído com o discurso do representante do Sporting Clube de Portugal, Bruno Mascarenhas Garcia.

Entre sportinguistas, é de referir que ainda esteve presente o vice-presidente da Câmara da Lousã Rui Lopes e o vereador Ricardo Fernandes, em representação da autarquia lousanense.

Ainda em ambiente de festa, a tarde foi animada com a atuação do grupo de fados “Saudade de Coimbra”, que partilhou parte do seu momento para cantar os parabéns ao Núcleo Sportinguista da Lousã.

Mudança de designação

O Núcleo Sportinguista da Lousã, fundado em 1 de março de 1984, passou a designar-se por Núcleo Sporting Clube de Portugal da Lousã em Assembleia Geral realizada em março de 2017, por força dos estatutos do SCP. Esta alteração na denominação permite ao Núcleo da Lousã encontrar-se em situação legal relativamente às exigências do clube. Segundo os dirigentes, a essência da associação mantém-se, mas passa a ser considerado um núcleo oficial do Sporting e, após a renumeração, passará a ser a 5ª filial a nível nacional.