Negócios de décadas são os únicos a mostrar a resiliência necessária para remar contra a maré do encerramento. Os três centros comerciais da Lousã estão cada vez mais vazios de pessoas e de produtos. Só a clientela de décadas se mantém 

A Praceta Comandante Fernandes Costa, mais conhecida por Praceta do Mercado, permite o acesso aos três centros comerciais da Lousã, que há cerca de duas décadas e meia fervilhavam de clientes e de produtos. As lojas eram diversificadas e era difícil para os novos negociantes encontrarem espaço para se instalarem (…)

Leia esta reportagem e outras notícias na edição 1375 do Trevim, já nas bancas!