Foi adiado para dia 31 de maio o prazo para a limpeza de terrenos junto das moradias isoladas e dos aglomerados populacionais

Esta medida ajuda os proprietários florestais a respirar de alívio, já que têm mais tempo agora para compreender melhor em que consistem as alterações ao Decreto-Lei n.º 124/2006, na sua nova redação (Lei n.º 114/2017, de 29/12), que obriga à criação de faixas de gestão de combustível ao redor das edificações e dos aglomerados populacionais.  Tendo ficado de fora das primeiras 11 ações de informação para a criação de faixas de gestão de combustível, por uma questão de prioridade na ação, a freguesia de Serpins recebeu na sexta-feira, dia 23, a equipa de Proteção Florestal do Núcleo de Proteção Ambiental da GNR da Lousã,  para uma ação de informação com enfoque na recuperação de áreas ardidas (…)

Leia esta e outras notícias na edição 1375 do Trevim, já nas bancas!