Chama-se Alexandre Afonso, tem 37 anos, é filho de uma lousanense e de um alentejano e foi recentemente premiado com uma bolsa de investigação no valor de 800 mil euros. O dinheiro vai permitir a este professor assistente no curso de Políticas Públicas, na Universidade de Leiden, na Holanda, desenvolver um projeto ao longo de cinco anos sobre a relação entre o Estado Social e as políticas de imigração.

Continua na edição impressa do Trevim nº1383