Depois de ter vencido na Lousã, a equipa de Caldas da Rainha por 29-3, o R.C. Lousã segue ao fim de 7 jornadas isolado na frente do Nacional da 1ª Divisão, com 3 pontos sobre o Montemor-o-Novo, 11 sobre Évora e 13 sobre o Benfica que ocupa o 4.º lugar. No próximo sábado, os lousanenses deslocam-se a Arcos de Valdevez onde vão encontrar uma equipa que se reforçou nas últimas semanas com alguns jogadores estrangeiros. Jogo difícil.

Taça de Portugal

R.C. Lousã, 51 – S. Miguel (Lisboa), 22

A contar para a  terceira eliminatória  da Taça de Portugal, o Rugby Club da Lousã recebeu a equipa de S. Miguel com quem tinha jogado há 15 dias em Lisboa e vencido por escassos 7 pontos. Tratava de se verificar se depois de estudada a forma de atuar dos lisboetas, os lousanenses conseguiriam implantar outro tipo de jogo de forma a contrariar a forma de jogar e sobretudo de defender dos adversários. Mesmo perante uma equipa bem organizada, a mudança de atitude foi bem sucedida e o resultado final de 51-22 assim o confirma. O encontro só esteve equilibrado nos primeiros 10 minutos, período onde inclusive os lisboetas alcançaram 5 pontos num ensaio não transformados. Mas aos 14 minutos, a Lousã marca o  primeiro de sete ensaios com que marcou a enorme diferença atual entre as duas equipas.

Ao intervalo, já os lousanenses venciam por 20-8 e, mesmo utilizando os 8 jogadores suplentes na 2ª parte, conseguiram aumentar a pontuação até chegar aos 51 pontos, consentindo já em período de desconto 7 pontos aos adversários e quando tinham no relvado somente 12 jogadores.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º 1393