Sábado, dia 12, foi inaugurado um roteiro de cinco fontes pela vila da Lousã, num passeio que juntou cerca de duas dezenas de crianças do Agrupamento de Escuteiros da Lousã e alguns adultos, entre responsáveis camarários. Com início na Biblioteca Municipal da Lousã, o roteiro passou pela Fonte do Regueiro (junto à rotunda da Pousada da Juventude), Fonte da Arcada (numa rua transversal à Escola Profissional da Lousã), Fontes da Igreja Matriz, Chafariz do Largo da Graça (em frente à Junta de Freguesia da Lousã) e pela Fonte do Fundo de Vila (na Rua Pires de Carvalho, ao pé da casa de Fundo de Vila). Nesta fonte, já seca, foi inaugurada uma instalação sonora, de autoria de Luís Antero, com sons de quedas de água registados em vários fontenários.

A iniciativa, intitulada “Água, Ca(o)ntos e Reca(o)ntos da Água” inseriu-se no projeto “5 municípios, 5 culturas, 5 sentidos”, e constituiu o início de um roteiro maior em preparação. “Nestes cinco municípios, Águeda, Idanha-a-Nova, São Pedro do Sul, Óbidos e Lousã, estão a acontecer atividades em torno do tema água. São atividades diferentes que consistem em ver pontos de água, falar de histórias de água”, explicou a vereadora da educação e da cultura da Câmara Municipal da Lousã, Henriqueta Oliveira, antes do passeio começar.

Leia mais na edição impressa do Trevim nº 1396