“Papel por Alimentos” é o nome da campanha permanente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares que, desde 2011, promove a recolha de papel usado em troca de alimentos como leite, azeite, arroz, atum e feijão.

Por cada tonelada de papel recebida, a empresa “Quima”, parceira logística e responsável pela reciclagem, efetua um donativo equivalente a 100 euros em produtos alimentares básicos, posteriormente distribuídos aos mais carenciados pelos Bancos Alimentares.

A campanha, integrada num quadro mais vasto de sensibilização para a importância da reutilização de produtos, abrange a recolha de jornais, revistas, fotocópias, rascunhos, impressos (publicidade), envelopes, papel de fax, papéis timbrados, livros, cadernos, apontamentos, bulas de medicamentos, talões de supermercado e arquivos.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º 1399