No domingo passado, dia 5 de maio, iniciaram os festejos anuais em honra da Senhora da Piedade, marcados pela descida da imagem, desde a Ermida até à Igreja Matriz de Lousã, local onde permanece até dia 2 de junho.

O começo de um evento religioso ímpar no concelho, participado por largas centenas de pessoas, na primeira procissão das festividades. Na frente do desfile, devotos de opa vermelha, do Santíssimo Sacramento, que conduzem a imagem até ao centro da vila. Metros atrás, as opas roxas e brancas, cores representativas da Irmandade da Senhora da Piedade. Uma procissão de grande escala, percorrida, em alguns casos, de terço na mão ou de pés descalços, em homenagem à Senhora da Piedade, carregada por seis homens, ao longo de mais de dois quilómetros, num andor imponente, que segundo Damião Martins, Juiz da Irmandade da Senhora da Piedade, se calcula pesar, no seu conjunto, cerca de 400kg. Quanto às flores, que embelezam a imagem, ficam a cargo de fiéis, fruto de promessas, numa tradição que tem lista de espera “até 2021”.

 

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim N.º 1404