Passados 18 anos da criação da autarquia das Gândaras, celebrou-se, dias 6 e 7 de julho, a segunda edição das comemorações do Dia da Freguesia, com um programa repleto de animação e também com um momento para prestar homenagem a alguns gandarinhos.

Na sessão solene que decorreu dia 6, a Junta de Freguesia, representada pela presidente Sandra Fernandes, reconheceu publicamente, como cidadão benemérito, João Bernardo Lopes, responsável pela fundação da Comissão Dinamizadora Pró-Criação da Freguesia das Gândaras, cujos esforços culminaram na instituição desta nova autarquia a 3 de julho de 2001.

Na sua intervenção, o homenageado dirigiu-se aos presentes alertando para a participação ativa dos cidadãos nas questões da freguesia, que “foi criada para emancipação do povo gandarinho”. “Ainda agora a Câmara lançou o orçamento participativo e eu pergunto, qual foi o assunto para que as Gândaras se candidatou”, questionou, perguntando ainda se os gandarinhos “estão interessados” e se “votam”. Na opinião do colaborador do Trevim, “há um desinteresse total nas Gândaras”, exortando os conterrâneos a que “deixem de falar por fora e falem nas assembleias”.

Presidente da Junta destaca importância social de Desporto

Para a presidente da Junta, “o desporto tem assumido uma grande importância para a freguesia, principalmente em termos sociais, pois é uma mais valia na formação das crianças e jovens e promove acima de tudo hábitos de vida saudáveis”. Neste sentido, os resultados alcançados por alguns atletas locais levaram à distinção da equipa de infantis do Clube Académico das Gândaras, vencedora da Fase Final 2 do Campeonato Distrital de Infantis em futebol de 7, e que ficou em 1.º lugar no Torneio de Infantis apadrinhado pelo jogador Hugo Seco. Os pequenos futebolistas e os seus treinadores, Rafael Vaz e Alberto Teixeira, foram reconhecidos com o prémio de Mérito Desportivo.

O executivo galardoou também os judocas gandarinhos Francisco Santos e Afonso Coimbra, bem como os mestres Márcio Carinhas e Luís Nogueira, do Montanha Clube da Lousã, reconhecendo o seu “trabalho, motivação e dedicação”.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim N.º1409