loader

Trail na Serra da Lousã: chegar ao paraíso depois do inferno

Nasci e cresci em Penedono, norte do distrito de Viseu. Nas Terras do Demo, como tão bem Aquilino Ribeiro as descreve. Estudei em Viseu e em Coimbra. Vivo na Guarda. “As Beiras Serranas” são o meu pequeno mundo. E, tal como todos os portugueses, vi a Beira arder nos dias 15 e 16 de Outubro. Estava eu a fazer o meu último treino antes do UTAX / TSL e a toda à volta da Guarda só havia fumo e incêndios a 360º, com especial violência os que se viam do lado de lá da Serra da Estrela. Chorei, como todos chorámos, quando percebemos o que tinha acontecido, da Pampilhosa da Serra a Viseu, da Guarda a Oliveira de Frades, Serra do Açor mais uma vez calcinada, Serra da Estrela mais uma vez calcinada. A natureza destruída, vidas destruídas, a Beira condenada a ter que se reerguer das cinzas, lutar ou morrer de vez.

No dia 20 de Outubro, sexta-feira, faço-me ao caminho, Estrada da Beira fora, em direcção à Lousã, para participar no Ultra Trail Aldeias de Xisto, na prova Trail Serra da Lousã. Foi a custo que fiz esta viagem, com os olhos lacrimejantes de Linhares da Beira a Vila Nova de Poiares, não sei se do fumo que ainda havia, se de ver tanta destruição. Gouveia, Oliveira do Hospital, São Martinho da Cortiça…

Dia 21 de Outubro renasci. Para quem ama a natureza, “o monte”, correr 55 km na Serra da Lousã, sem ter passado por 1 km que fosse de terra queimada, foi absolutamente maravilhoso. Os cheiros da terra molhada, as ramagens das árvores a baterem-nos na cara, o xisto a escorregar, sentir que depois do Inferno tinha chegado ao Paraíso. Não corro em montanha para competir com quem quer seja, a não ser comigo próprio, mas sim para usufruir da montanha, da serra. E se a Serra da Lousã já era um paraíso para quem gosta de trail running, agora ainda é mais. A vossa Serra é esperança, é vida. Preservem-na bem, cuidem-na, divirtam-se a usá-la e deixem-na ainda melhor do que estava antes de a usarem, porque o que aí têm, já poucos concelhos do país, infelizmente, se podem orgulhar de ter.

Um abraço e até Outubro!

PS: em Julho nasceram os meus 2 filhos em Coimbra. A minha celebração foram 17 km a correr na Serra da Lousã, com uns amigos de Coimbra, e com umas bifanas no fim do treino. Portanto, se mais razões não houvesse, a vossa Serra fará parte da minha vida para sempre.

Pedro Baldaia, praticante de Trail

Tags:
Autor: Carlos A. Sêco

0 Comentários

Meteorologia

Artigos relacionados

Trevim: Leia também ‘Como eu vejo os Monumentos’ na Casa das Condessinhas Cultura
01 Dez 2022 12:20 PM

Está patente na Casa das Condessinhas, turismo de habitação na zona histórica da Lousã, a exposição de desenho ‘Como vejo os Monumentos’, de Eurico Ladeira. Leia a notícia completa na edição n.º 1497 do Trevim

Ler artigo
Trevim: Leia também Arte-Via leva modelo do FLII a outros continentes Cultura
01 Dez 2022 12:18 PM

A escritora Ana Filomena Amaral partilhou na Nigéria, no dia 22, alguns dos "bons resultados" alcançados na realização do Festival Literário Internacional do Interior (FLII) ao longo de cinco anos. Leia a notícia completa na edição n.º 1497 do Trevim

Ler artigo
Trevim: Leia também A ruralidade de Saramago em “As Pequenas Memórias” Cultura
01 Dez 2022 12:14 PM

Maria Celeste Garção No dia 19 de novembro, a Liga de Amigos do Museu Etnográfico Dr. Louzã Henriques (LAMELH), celebrou o centenário de Saramago, nascido a 16 de novembro de 1922, na Azinhaga do Ribatejo. Leia a notícia completa na...

Ler artigo
Trevim: Leia também Francisco Gonçalves ganha um lugar no pódio na prova mais importante do Circuito Nacional Desporto
01 Dez 2022 12:08 PM

Adriana Carvalho Durante os dias 12 e 13 de novembro, os nossos atletas não seniores do Cabril-Serpins participaram na prova de maior importância do circuito nacional do calendário da Federação Portuguesa de Badminton, deste mesmo escalão. Leia a notícia completa...

Ler artigo
Trevim: Leia também Rugby Club da Lousã continua a somar vitórias Desporto
01 Dez 2022 12:02 PM

As equipas de sub-16 e de sub-19 do Rugby Club da Lousã deslocaram-se à Trofa onde defrontaram os  Espartanos,  um novo clube daquela cidade. Leia a notícia completa na edição n.º 1497 do Trevim

Ler artigo
Trevim: Leia também ‘Quase Congresso de Música Afetiva’  em Serpins Cultura
01 Dez 2022 12:00 PM

A associação ‘A Música Portuguesa a Gostar dela Própria’ (MPGDP) organiza o ‘Quase Congresso de Música Afetiva’ a 8 de dezembro, na sede do Rancho Folclórico Flores de Serpins. Leia a notícia completa na edição n.º 1497 do Trevim

Ler artigo
Definições de Cookies

A TREVIM pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site.
Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site.
Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site.

Cookies estritamente necessários Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site. Sem estes cookies, não podemos fornecer certos serviços no nosso site.

Cookies de funcionalidade Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site. Por exemplo, podemos usar cookies de funcionalidade para se lembrar das suas preferências de idioma e/ ou os seus detalhes de login.

Cookies de medição e desempenho Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site. Por exemplo, estes cookies podem medir fatores como o tempo despendido no site ou as páginas visitadas, isto vai permitir entender como podemos melhorar o nosso site para os utilizadores. As informações coletadas por meio destes cookies de medição e desempenho não identificam nenhum visitante individual.