loader

“Apreensão” na aprovação de empresa intermunicipal para gestão de águas

Reunida na sede da Junta de Freguesia das Gândaras, no dia 12 de dezembro, a Assembleia Municipal da Lousã aprovou com 23 votos a favor e duas abstenções (PS, CDU) a criação de um sistema intermunicipal de serviços de abastecimento público de água, saneamento de águas residuais e recolha de resíduos urbanos, gerido por uma empresa intermunicipal.

De acordo com os documentos em apreciação, integram esta empresa de capitais cem por cento municipais, os municípios de Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Góis, Lousã, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande, Penacova, Penela e Vila Nova de Poiares, no total de 11.

Apesar da aprovação, vozes de diferentes quadrantes políticos se afirmaram reticentes face à criação da empresa. “Pergunto se esta solução foi ponderada ou não, porque é uma solução muito cara, sabemos que vai caber à CML o pagamento de 200 mil euros para a nova empresa, sendo necessários 170 milhões para fortalecer ou fazer nova rede de distribuição de água”, disse Conceição Loureiro, da CDU. Carlos Honório, do BE, apresentou também as suas dúvidas, perguntando se “no futuro estava garantida a não privatização”, alertando ainda para o facto de caber à Câmara Municipal da Lousã o pagamento da maior fatia de capital. Embora considerando tratar-se de “um ponto de viragem no paradigma de gestão” da água, “esta é uma questão que nos deixa com uma dose ‘qb’ de apreensão”, salientou, por seu lado, Ana Paula Sançana, do PSD.

Já Luís Martins, do PS, enumerou as várias vantagens associadas à criação da empresa intermunicipal, em oposição às deficiências atuais dos serviços. “As perdas de água são elevadas, assim como infiltrações nos coletores. O parque de veículos de recolha de resíduos urbanos está envelhecido e a lavagem dos contentores de recolha é insuficiente. Todos os municípios apresentam resultados operacionais negativos nos serviços de abastecimento de água e saneamento”, referiu, salientando depois as vantagens da nova empresa: “obtenção de sinergias económicas de escala (…) acabar com o existente défice operacional no valor de quase seis milhões de euros, nos 11 municípios, é garantida a estabilidade tarifária, a longo prazo, verificando-se a implantação de um tarifário que recupera todos os custos dos vários serviços ao mesmo tempo que adota as tarifas sociais das famílias numerosas, em cumprimento das recomendações do regulador”.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º 1394

Tags:
Autor: Jornal Trevim

0 Comentários

Meteorologia

Artigos relacionados

Trevim: Leia também Associação de Ceira dos Vales sopra 36 velas com casa cheia Sociedade
17 Nov 2022 12:11 PM

A Associação Cultural e Recreativa de Ceira dos Vales comemorou o seu 36.º aniversário, no fim de semana de 12 e 13 de novembro, com um baile e castanhada que juntou dezenas de pessoas no salão de convívio local. Leia...

Ler artigo
Trevim: Leia também Associação Empresarial prepara quadra natalícia Concelho
17 Nov 2022 11:29 AM

A Associação Empresarial da Serra da Lousã (AESL) vai assinalar o Natal, com “uma recriação única, que pretende envolver todos os comerciantes, entidades e instituições”, segundo Carlos Alves, presidente da direção. Leia a notícia completa na edição n.º1496 do Trevim.

Ler artigo
Trevim: Leia também Dueceira lidera projeto para aproximar produtores e consumidores Concelho
17 Nov 2022 11:28 AM

Produtores, agricultores e associações marcaram presença no lançamento do projeto interterritorial “3C - Cooperar em Circuitos Curtos”, que pretende promover a proximidade entre produtores e consumidores. Leia a notícia completa na edição n.º1496 do Trevim.

Ler artigo
Trevim: Leia também Lousã recebeu encontro de ‘hackers’ Sociedade
17 Nov 2022 11:27 AM

Vinte e dois especialistas em informática e programação, vindos de países como os Estados Unidos da América, Canadá ou Austrália, estiveram reunidos na Lousã, entre 5 e 12 de novembro, para trabalhar no seu sistema operativo de eleição, o ‘OpenBSD’....

Ler artigo
Trevim: Leia também Obra do Cine-Teatro concluída até maio de 2023 Concelho
17 Nov 2022 11:26 AM

A requalificação do Cine-Teatro da Lousã deverá estar concluída até maio de 2023, de acordo com um pedido de reprogramação da obra, apresentado pela empresa Sócertima à Câmara da Lousã. Leia a notícia completa na edição n.º1496 do Trevim.

Ler artigo
Trevim: Leia também Produção de mel continua com dificuldades Concelho
17 Nov 2022 11:24 AM

Este ano, a produção de mel foi “ligeiramente melhor”, mas continua sem registar uma recuperação visível, segundo Ana Paula Sançana, diretora técnica da Cooperativa Lousãmel, que tem atualmente 550 associados. Entre os fatores que têm afetado à apicultura, destacam-se especialmente...

Ler artigo
Definições de Cookies

A TREVIM pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site.
Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site.
Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site.

Cookies estritamente necessários Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site. Sem estes cookies, não podemos fornecer certos serviços no nosso site.

Cookies de funcionalidade Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site. Por exemplo, podemos usar cookies de funcionalidade para se lembrar das suas preferências de idioma e/ ou os seus detalhes de login.

Cookies de medição e desempenho Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site. Por exemplo, estes cookies podem medir fatores como o tempo despendido no site ou as páginas visitadas, isto vai permitir entender como podemos melhorar o nosso site para os utilizadores. As informações coletadas por meio destes cookies de medição e desempenho não identificam nenhum visitante individual.