loader

Vespa Asiática e maciços de eucaliptais condicionam produção de mel

Mel da Serra da Lousã muito condicionado pela vespa asiática e maciços de eucaliptais

 Dois anos após os incêndios de 2017, produção de mel continua ainda muito “aquém do potencial”, reconhece diretora executiva da Lousamel

Após ter sofrido uma quebra na ordem dos 90% em 2018, estima-se que a produção de mel este ano tenha aumentado, no entanto, o panorama apícola atual está “muito aquém do potencial produtivo”. Segundo Ana Paula Sançana, diretora executiva da Cooperativa Lousamel, até à data “entraram cerca de seis toneladas de mel”, número muito inferior às “30 toneladas anuais”. Consequência dos incêndios florestais de 2017, o número de colmeias dos associados “resvalou para cerca de cinco mil”, mas atualmente já ultrapassa as 12 mil. Registou-se a entrada de 20 novos cooperadores, sinal de que “as pessoas não desistem da atividade perante as contrariedades que têm surgido”.

“Infelizmente continuamos a assistir a maciços de eucaliptais e de acácias, que não contribuem para a produção de mel, e a regeneração natural, com espécies que seriam expectáveis para a região, dá lugar a outras não autóctones. O mel de elevada qualidade origina-se nas urzes, castanheiros e outra flora regional, e é disso que a apicultura da região necessita”, alerta.

 Vespas, ordenamento florestal e alterações climáticas

A fixação da vespa asiática no território nacional, alterações climáticas e a falta de ordenamento do território em termos apícolas, são alguns dos factores enumerados pela responsável como grandes influenciadores nos níveis de produção do néctar. Quanto ao inseto invasor aponta que “o combate não resolve o problema, apenas diminui o impacto da predação”, considerando que “a solução passará sempre pela detecção precoce dos ninhos e pela colocação de armadilhas nas alturas chave”.

Referindo-se ao fundo de apoio financeiro que o Governo criou no início do ano para eliminação de ninhos de vespa asiática, com um valor máximo de 10 mil euros a atribuir a cada candidatura, Paula Sançana acredita que no caso de alguns municípios “essa verba é insuficiente”. Em matéria de apoios indiretos, considera serem também “manifestamente insuficientes”, “uma vez que as abelhas sofrem muito com esta predação e os apicultores têm encargos quatro vezes superiores para manter as colónias com níveis aceitáveis de sanidade e vitalidade”. Já as variações climáticas evidenciam-se como “um sério problema para a produção”. “Os insectos têm um poder de adaptação muito mais lento do que as plantas” e como consequência o “desfasamento dos estádios fenológicos das plantas, provocados por estas alterações, fazem com que as abelhas não tenham o néctar e o pólen disponível na altura adequada”.

Outra das sua preocupações é a forte concorrência de méis provenientes de fora da União Europeia, “que no seu rótulo vem designado como mel de origem não UE e também mel de mistura UE e não UE”, explica. “Estes méis entram na Europa com preços esmagadores e características de qualidade que em nada se comparam aos méis europeus, e os consumidores não estão atentos a este facto.”

 

Tags:
Autor: Jornal Trevim

0 Comentários

Meteorologia

Artigos relacionados

Trevim: Leia também Associação de Ceira dos Vales sopra 36 velas com casa cheia Sociedade
17 Nov 2022 12:11 PM

A Associação Cultural e Recreativa de Ceira dos Vales comemorou o seu 36.º aniversário, no fim de semana de 12 e 13 de novembro, com um baile e castanhada que juntou dezenas de pessoas no salão de convívio local. Leia...

Ler artigo
Trevim: Leia também Associação Empresarial prepara quadra natalícia Concelho
17 Nov 2022 11:29 AM

A Associação Empresarial da Serra da Lousã (AESL) vai assinalar o Natal, com “uma recriação única, que pretende envolver todos os comerciantes, entidades e instituições”, segundo Carlos Alves, presidente da direção. Leia a notícia completa na edição n.º1496 do Trevim.

Ler artigo
Trevim: Leia também Dueceira lidera projeto para aproximar produtores e consumidores Concelho
17 Nov 2022 11:28 AM

Produtores, agricultores e associações marcaram presença no lançamento do projeto interterritorial “3C - Cooperar em Circuitos Curtos”, que pretende promover a proximidade entre produtores e consumidores. Leia a notícia completa na edição n.º1496 do Trevim.

Ler artigo
Trevim: Leia também Lousã recebeu encontro de ‘hackers’ Sociedade
17 Nov 2022 11:27 AM

Vinte e dois especialistas em informática e programação, vindos de países como os Estados Unidos da América, Canadá ou Austrália, estiveram reunidos na Lousã, entre 5 e 12 de novembro, para trabalhar no seu sistema operativo de eleição, o ‘OpenBSD’....

Ler artigo
Trevim: Leia também Obra do Cine-Teatro concluída até maio de 2023 Concelho
17 Nov 2022 11:26 AM

A requalificação do Cine-Teatro da Lousã deverá estar concluída até maio de 2023, de acordo com um pedido de reprogramação da obra, apresentado pela empresa Sócertima à Câmara da Lousã. Leia a notícia completa na edição n.º1496 do Trevim.

Ler artigo
Trevim: Leia também Produção de mel continua com dificuldades Concelho
17 Nov 2022 11:24 AM

Este ano, a produção de mel foi “ligeiramente melhor”, mas continua sem registar uma recuperação visível, segundo Ana Paula Sançana, diretora técnica da Cooperativa Lousãmel, que tem atualmente 550 associados. Entre os fatores que têm afetado à apicultura, destacam-se especialmente...

Ler artigo
Definições de Cookies

A TREVIM pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site.
Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site.
Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site.

Cookies estritamente necessários Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site. Sem estes cookies, não podemos fornecer certos serviços no nosso site.

Cookies de funcionalidade Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site. Por exemplo, podemos usar cookies de funcionalidade para se lembrar das suas preferências de idioma e/ ou os seus detalhes de login.

Cookies de medição e desempenho Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site. Por exemplo, estes cookies podem medir fatores como o tempo despendido no site ou as páginas visitadas, isto vai permitir entender como podemos melhorar o nosso site para os utilizadores. As informações coletadas por meio destes cookies de medição e desempenho não identificam nenhum visitante individual.