Quatro escolas estiveram encerradas no concelho da Lousã no dia de greve geral da função pública, na sexta-feira, dia 15 de fevereiro. A Escola Básica nº 1, a Escola Básica n.º 2, a Escola Secundária da Lousã e os jardins de infância da Lousã e das Fontaínhas estiveram sem atividade letiva, quatro delas fechadas.

Segundo dados fornecidos pelo Agrupamento de Escolas da Lousã, a adesão à paralisação foi mais efetiva junto do pessoal não docente. Setenta e sete por cento esteve ausente durante a manhã e, à tarde, essa percentagem aumentou um ponto percentual. Já 30% dos professores não compareceram aos serviço durante a manhã e à tarde, os números da adesão aumentaram para 39%.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º 1399