loader

Verde-branco só o do Minho (Rua dos Combatentes)

José Oliveira

Para mim, verde-branco só fresquinho e no verão. E pouco, por causa do ácido úrico. De modo que, por causa do ácido úrico, mal abro o jornal fecho-o logo a corrrrer. E desligo o rádio mal começam as notícias, idem a televisão. Estou farto de verde-branco! E não é que eu seja torcedor por qualquer outra diferentemente cromática agremiação do género, porque não sou. Não sofro disso; mas passaria, num instante, a sofrer de ácido úrico, se dedicasse atenção às importantíssimas manchetes que nos avassalam.

Não vai haver aumento de salários nos tempos mais próximos? Os hospitais estão na penúria e acumulam os doentes até mesmo nos vãos de escada? No Porto faz-se quimioterapia a crianças no corredor? Os professores, se porventura conseguem um emprego, pode muito bem ser a centenas de quilómetros de casa? Para a Cultura, vai mais uma migalha (pequena) de cada vez que os respectivos trabalhadores reclamam? Multam-se os proprietários da floresta que não tenham procedido à sua limpeza (à sua ‘gestão de combustível’, para ser mais fino), multam-se mais de mês e meio antes de terminado o prazo, não propriamente para cobrar, mas para lhes meter medo, como se eles fossem criancinhas receosas do papão? Propomos em Bruxelas que passemos a pagar mais impostos? Continuamos a apostar no conceito designado por ‘dívida gerível’? Prosseguem as injecções de capital público nos bancos falidos, mesmo que sejam privados? Continuamos a acreditar que a nossa salvação será o bendito turismo? Vai continuar a infâmia de chorudas e impunes negociatas em torno dos meios de combate a incêndios? Elimina-se um comboio que transportava diariamente a Coimbra as populações vizinhas da serra, a troco dum embuste chamado metro-mondego que só existe para continuar a amamentar uma administração-fantasma?

Nada disto importa! O mais flagrante foco da actualidade assenta sobre a problemática verde-branca, protagonizada por um tipo que, aposto, nunca jogou à bola mas se arroga ser ‘dono daquilo tudo’.

Estou farto das notícias verde-brancas! Antes a omnipresença e as ‘selfies’ do presidente!

Tags:
Autor: Carlos A. Sêco

0 Comentários

Meteorologia

Artigos relacionados

Trevim: Leia também Associação de Ceira dos Vales sopra 36 velas com casa cheia Sociedade
17 Nov 2022 12:11 PM

A Associação Cultural e Recreativa de Ceira dos Vales comemorou o seu 36.º aniversário, no fim de semana de 12 e 13 de novembro, com um baile e castanhada que juntou dezenas de pessoas no salão de convívio local. Leia...

Ler artigo
Trevim: Leia também Associação Empresarial prepara quadra natalícia Concelho
17 Nov 2022 11:29 AM

A Associação Empresarial da Serra da Lousã (AESL) vai assinalar o Natal, com “uma recriação única, que pretende envolver todos os comerciantes, entidades e instituições”, segundo Carlos Alves, presidente da direção. Leia a notícia completa na edição n.º1496 do Trevim.

Ler artigo
Trevim: Leia também Dueceira lidera projeto para aproximar produtores e consumidores Concelho
17 Nov 2022 11:28 AM

Produtores, agricultores e associações marcaram presença no lançamento do projeto interterritorial “3C - Cooperar em Circuitos Curtos”, que pretende promover a proximidade entre produtores e consumidores. Leia a notícia completa na edição n.º1496 do Trevim.

Ler artigo
Trevim: Leia também Lousã recebeu encontro de ‘hackers’ Sociedade
17 Nov 2022 11:27 AM

Vinte e dois especialistas em informática e programação, vindos de países como os Estados Unidos da América, Canadá ou Austrália, estiveram reunidos na Lousã, entre 5 e 12 de novembro, para trabalhar no seu sistema operativo de eleição, o ‘OpenBSD’....

Ler artigo
Trevim: Leia também Obra do Cine-Teatro concluída até maio de 2023 Concelho
17 Nov 2022 11:26 AM

A requalificação do Cine-Teatro da Lousã deverá estar concluída até maio de 2023, de acordo com um pedido de reprogramação da obra, apresentado pela empresa Sócertima à Câmara da Lousã. Leia a notícia completa na edição n.º1496 do Trevim.

Ler artigo
Trevim: Leia também Produção de mel continua com dificuldades Concelho
17 Nov 2022 11:24 AM

Este ano, a produção de mel foi “ligeiramente melhor”, mas continua sem registar uma recuperação visível, segundo Ana Paula Sançana, diretora técnica da Cooperativa Lousãmel, que tem atualmente 550 associados. Entre os fatores que têm afetado à apicultura, destacam-se especialmente...

Ler artigo
Definições de Cookies

A TREVIM pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site.
Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site.
Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site.

Cookies estritamente necessários Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site. Sem estes cookies, não podemos fornecer certos serviços no nosso site.

Cookies de funcionalidade Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site. Por exemplo, podemos usar cookies de funcionalidade para se lembrar das suas preferências de idioma e/ ou os seus detalhes de login.

Cookies de medição e desempenho Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site. Por exemplo, estes cookies podem medir fatores como o tempo despendido no site ou as páginas visitadas, isto vai permitir entender como podemos melhorar o nosso site para os utilizadores. As informações coletadas por meio destes cookies de medição e desempenho não identificam nenhum visitante individual.