Avançar para o conteúdo principal

Pela China – A serpente de pedra

Percebe-se a ansiedade da noite mal dormida, sempre a olhar para a luz ténue do telemóvel que indica as horas num movimento quase pendular que fui fazendo a partir da madrugada. Pelas oito e pouco da manhã tinha de apanhar um autocarro que me transportaria numa viagem de mais de duas horas rumo a Jinshanling para, longe dos circuitos mais turísticos, longe das multidões, poder fotografar a Grande Muralha da China como ela deveria ser retratada, mantendo a sua imponência, dignidade e misticismo. É uma experiência obrigatória para quem visita este país contemplar a obra colossal que se vê do espaço, que se estendeu por 21196 quilómetros de extensão. Evitava assim as hordas de turistas que eram encaminhadas para Badaling, um trecho localizado bem mais perto de Pequim, no ponto escolhido para fazer a foto junto de tantos outros que, avolumados, mais parecem um exército munido de selfie-sticks em vez de espadas ou lanças num combate contra um inimigo invisível.

O metro da capital é um monstro em hora de ponta. As linhas multiplicam-se e o tempo desdobra-se numa amplitude a que, na minha escala ocidental, não estou habituado, e acabo por chegar à estação de autocarro mais tarde do que era suposto. Mas esqueci-me que estava na China e que, aqui, tudo o que diz respeito a negócios que envolvam pessoas, consumidores, tudo é feito a multiplicar, daí que haveria mais transportes do que estava à espera. Abandono a capital pasmado com a quantidade de infraestruturas que estão a ser construídas ao mesmo tempo, a um ritmo que me impressiona, apesar de já ter uma noção do crescimento económico que esta potência industrial tem levado a cabo nas últimas décadas. Autoestradas, pontes e prédios surgem do nada como cogumelos na sua época alta.

Sou deixado junto a uma área de serviço, no vale de uma zona montanhosa coroada pela enorme serpente de pedra que os imperadores chineses mandaram erigir há mais de dois mil anos. Ninguém fala inglês para me indicar o caminho para lá, à exceção de um taxista que me quis oferecer os seus préstimos a um “preço de amigo” a que rapidamente percebi a inutilidade do serviço que me estava a impingir, bem como no seu “xico-espertismo”, e logo ali lhe fazendo ver que não me iria levar a melhor, pagando-lhe algo pelo seu tempo gasto, mas pouco mais. Exaltou-se, mas de pouco lhe serviu pois ficou a falar, aliás, a praguejar sozinho.

A subida faz-se por teleférico, rumo aos céus onde parece, ao longe, que as torres mais altas quase tocam, roçando por vezes as pontas das árvores que dão volume às montanhas que são a base desta fortaleza que era vista como inexpugnável. Nos quilómetros que caminhei ao longo do dorso da fortificação, não cheguei a contar duas dúzias de pessoas. Senti-me como se fosse só eu, a muralha e a paisagem envolvente, uma vegetação que avançava pelo horizonte dentro, por onde se perdia de vista a linha da grande construção que é o orgulho de um povo.

Tags:
Autor: Joaquim Seco

0 Comentários

Meteorologia

Artigos relacionados

Trevim: Leia também Marcha dos Cinco Lugares Sociedade
13 Jun 2024 10:28 AM

Tema da marcha: 25 de Abril, 50 anos Responsável pela criação da música: arranjo de Amílcar Morais da música ‘O Cochicho’ de Raúl Ferrão Responsável pela criação da letra: José Nobre Quaresma Número de marchantes: 55 Músicos:  14 Modista: Filomena...

Ler artigo
Trevim: Leia também Marcha da Activar Sociedade
13 Jun 2024 10:27 AM

Tema da marcha: “Liberdade” Responsável pela criação da música:  Valter Correia Responsável pela criação da letra: Paula Gonçalves Número de marchantes: 84 crianças dos 4 aos 11 anos Músicos (quantos são e de onde pertencem): 11 músicos - Orquestra Ligeira...

Ler artigo
Trevim: Leia também Marcha da Academia de Bailado da Lousã Sociedade
13 Jun 2024 10:26 AM

Tema da marcha: Camões - 5.º centenário do nascimento Responsável pela criação da música: Hélder Bruno Martins Responsável pela criação da letra: Hélder Bruno Martins Número de marchantes: 115 Músicos (quantos são e de onde pertencem): 10 músicos - Maestro...

Ler artigo
Trevim: Leia também Marcha da ARCIL Sociedade
13 Jun 2024 10:25 AM

Tema da marcha: A Travessa Responsável pela criação da música:  Sérgio Fernandes Responsável pela criação da letra: Maria Carlota de Almeida Número de marchantes: 60 Músicos: 12 e pertencem a Gouveia Modista: Maria Cristina Pinto Silva Ensaiador: Sérgio Fernandes Cores dominantes: Vermelho, Branco e Dourado Letra da marcha:...

Ler artigo
Trevim: Leia também Marcha da Associação Recreativa, Cultural e Social das Gândaras Sociedade
13 Jun 2024 10:24 AM

Tema da marcha: Cultura e Liberdade Responsável pela criação da música:  Adaptação musical de Valter Correia Responsável pela criação da letra: Rui Silva e Valter Correia Número de marchantes: 42 Músicos: 11 músicos da Orquestra Ligeira das Gândaras Modista: Casa Lizé Ensaiador: Valter Correia Cores dominantes: Vermelho,...

Ler artigo
Trevim: Leia também Marcha do Clube Recreativo Vilarinhense Sociedade
13 Jun 2024 10:23 AM

Tema da marcha: A Saudade Responsável pela criação da música: Nuno Baeta Responsável pela criação da letra: Susana Rodrigues Número de marchantes: 45 Músicos: 10 Lousã, Góis e Vila Nova do Ceira Modista: Fernanda Gonzaga Ensaiadora: Susana Rodrigues Cores dominantes:...

Ler artigo
Definições de Cookies

A TREVIM pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site.
Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site.
Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site.

Cookies estritamente necessários Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site. Sem estes cookies, não podemos fornecer certos serviços no nosso site.

Cookies de funcionalidade Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site. Por exemplo, podemos usar cookies de funcionalidade para se lembrar das suas preferências de idioma e/ ou os seus detalhes de login.

Cookies de medição e desempenho Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site. Por exemplo, estes cookies podem medir fatores como o tempo despendido no site ou as páginas visitadas, isto vai permitir entender como podemos melhorar o nosso site para os utilizadores. As informações coletadas por meio destes cookies de medição e desempenho não identificam nenhum visitante individual.