Está só à espera de licenciamento da Câmara Municipal da Lousã o parque de lazer de Foz de Arouce, a construir na margem esquerda do Rio Ceira, no terreno que acolhe as comemorações das invasões francesas.

Segundo Henrique Lourenço, presidente da União de Freguesias de Foz de Arouce e Casal de Ermio, trata-se de um investimento privado que inclui bar, um campo de jogos e zona verde. “Não é uma praia fluvial porque tal implicaria outro tipo de investimento e outra autorização”, frisou o autarca ao Trevim, acrescentando que a Junta irá apoiar este projeto com a criação de um parque de estacionamento na Estrada de Favais, nos terrenos que são de sua propriedade.

O investidor do parque de lazer é Rodolfo Correia, residente em Foz de Arouce, que adiou para depois da atribuição do licenciamento de obras a divulgação de mais pormenores sobre o projeto.

As obras do parque de lazer integram o plano de atividades para 2018 da Junta de Freguesia, documento aprovado por unanimidade na reunião da Assembleia de Freguesia, realizada dia 21, na delegação de Casal de Ermio. A reparação de mesas e churrasqueiras no parque de merendas de Casal de Ermio, o calcetamento do cemitério da Pegada, a construção de ossários e columbários (para depósito de urnas com cinzas após cremação) nos cemitérios da freguesia são outras obras previstas no plano que pretende, conforme é dito na introdução, seguir uma “lógica de sustentabilidade e serviço público”. O Plano Plurianual de Investimentos e o Orçamento para 2018 foram também aprovados por unanimidade. Importando, na receita e na despesa, em 109.448 euros, o orçamento tem como principais fontes de receita o Fundo de Financiamento das Freguesias, com transferências no valor de 59.301,64 euros, seguindo-se a Câmara Municipal da Lousã, com três acordos interadministrativos de delegação de competências no valor de 34.500 euros.

Continua na edição impressa do Trevim n.º 1369