A Cooperativa Trevim assinalou uma data histórica numa gala de reconhecimento a individualidades e instituições, dia 20, em que marcaram presença cerca de 120 pessoas, em representação das “forças vivas” da sociedade lousanense. Paulo Peralta, presidente da direção da Cooperativa abriu a noite com um discurso elogioso ao papel que o jornal tem desempenhado ao longo das suas cinco décadas. “Estamos perante um prestígio granjeado e cimentado ao longo de meio século na defesa dos lousanenses, da Lousã, dos seus valores sociais e culturais, do associativismo e da liberdade”. O serão homenageou fundadores, diretores, colaboradores, coletividades, bem como as entidades que apoiaram o Trevim na comemoração do meio século. Além de prémios coletivos, foram também galardoadas algumas individualidades que se destacaram nas áreas das Artes Plásticas – J. Eliseu (Filho) ­­-, Literatura e Poesia (Carlos Carranca), Cultura (Manuel Louzã Henriques), Educação (Euzila Viana de Lemos), Saúde (Figueiredo Fernandes e João Rodrigues), Humor (Zé Oliveira e Osvaldo de Sousa).

“Momento inimaginável”

“Este é para mim um momento inimaginável”, referiu Pedro Malta, fundador e primeiro diretor do Trevim. “Quando a gente fez o jornal há 50 anos ele esteve para morrer pouco tempo depois e, mercê da minha carolice e da carolice de outros, o jornal chegou até hoje”, salientou, recordando pessoas “simples” que sabiam falar dos problemas das suas terras, como foram os casos de Albano Simões, de Vilarinho, de José Casimiro, popularmente conhecido pelo “José D’Avó”, Manuel Vaz, nas Gândaras, o Padre Manuel Jesus, de Foz de Arouce.

Em relação a António Costa Ribeiro, fundador já falecido, Pedro Malta não conseguiu encontrar palavras para o definir . “Foi um apoio… uma âncora, um pilar … se estivesse aqui estava a comemorar a alegria de assinalar estes 50 anos do jornal que começou a ser gizado no comboio que nos roubaram. Na década de 50 quando íamos para Coimbra ….” e a emoção não o deixou falar.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º 1390