Isa, a menina diagnosticada com F.I.R.E.S, Síndrome de Epilepsia Relacionada à Infeção Febril, vai continuar os tratamentos em Braga, já nos meses de março e abril. Esperam-na oito semanas de tratamento neurológico intensivo na Clínica CHS-CEI, Centro de Estimulação Intensiva, que ascendem a oito mil euros.

A mãe, Carla Dias, que contactou o nosso jornal para dar conta das iniciativas que têm sido promovidas a favor da criança, não tem palavras para agradecer a todas as pessoas e empresas que organizaram, apoiaram ou participaram em atividades de angariação de verbas para fazer face às despesas. “Estou de coração cheio. A minha força vem de todas estas pessoas que estão do nosso lado”, disse ao nosso jornal.

As atividades a favor desta causa têm continuidade este domingo, dia 17, com uma caminhada em Miranda do Corvo, com concentração às 8:30 em frente à GNR, no âmbito de um trabalho de mestrado.

Leia a notícia completa na edição impressa do Trevim n.º 1398