A Santa Casa da Misericórdia da Lousã (SCML) este ano não vai desfilar na avenida.

Segundo informou João da Franca, provedor da instituição ao Trevim, “o convite foi tardio, só chegou em março deste ano e, geralmente, nós começamos a preparar a marcha em outubro”.

Já a Associação Cultural Princesa Peralta promete regressar em 2023, uma vez que a sua participação acontece de quatro em quatro anos, de acordo com Joana Ruas.

Leia a notícia completa na edição n.º 1485 do Trevim.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Mariana Domingos
Carregar mais artigos em Concelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Agrupamento de Escolas da Lousã forma campeões regionais e distritais

De referir o trabalho dos professores Joel Duarte e Sérgio Neves, que a par de Luís Vidal …