O Centro Social de Casal de Ermio, que serve essencialmente Foz de Arouce e Casal de Ermio, continua a garantir o apoio a 35 utentes em regime de Serviço de Apoio Domiciliário (SAD), um serviço que se mostrou essencial durante a pandemia.

Os próximos tempos “serão difíceis para todas as instituições deste tipo em virtude do recente aumento dos custos e da receita, que continua a ser a mesma”, lamentou ao Trevim, o presidente da direção, Francisco Morais.

Atualmente “ainda se sente um pouco” o impacto da situação sanitária em despesas adicionais com material de proteção e desinfetantes.

All-focus

Leia a notícia completa na edição n.º 1479 do Trevim.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Soraia Santos
Carregar mais artigos em Concelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Pedrinhas junta dezenas em evento solidário

A pé, de carro ou de mota, foram muitos os que se uniram a esta boa causa, lançada à comun…